Orgulho Coop

Movimento SomosCoop aumentou a visibilidade do nosso movimento e já faz parte do dia a dia de mais de 800 coops

Farol Conteúdo
09/07/2020

O cooperativismo faz muito pelo país, mas muita gente não sabe. A gente precisa fazer essa informação chegar a todo mundo para que o cooperativismo seja mais valorizado e tenha voz ativa em todas as decisões importantes para o país”. 

A avaliação é de Aline Borges de Carvalho, 33 anos, coordenadora de marketing da Cooperativa Agropecuária de Machado (Coopama) — empreendimento mineiro que abraçou o movimento SomosCoop e, hoje, estampa o orgulho de pertencer a essa grande família por meio de seus produtos. Desde novembro de 2019, os pacotes de café da marca são impressos com  o selo SomosCoop. 

Para Aline, o SomosCoop fortaleceu e deu mais visibilidade à marca, agregando valor ao café dos pequenos produtores da Coopama. “Quando surgiu o movimento nós ficamos muito felizes. Quisemos mesmo abraçar a causa, porque a gente sabe o quanto o cooperativismo precisa ser mais valorizado.”

A cooperada Neuza Garcia Vieira, 70 anos, concorda e destaca: o selo reconhece não só a qualidade, mas o compromisso social dos produtos cooperativistas. 

O SomosCoop valoriza nossos produtos e engrandece a cooperativa”

Cooperativista há mais de 30 anos, Neusa tomou a frente dos negócios e assumiu a pequena propriedade em que planta café após a morte do marido. “A cooperativa fortaleceu os meus negócios e continua me fortalecendo. A Coopama faz parte da minha vida profissional, como agricultora, promove o meu desenvolvimento com palestras, dias de campo e capacitações. É um orgulho fazer parte do cooperativismo”, destacou.

Lançado em 2018, o movimento Somos Coop quer mostrar a força e a capacidade transformadora do cooperativismo. Comprometidas com as comunidades em que se localizam, as cooperativas modificam as realidades gerando trabalho, renda, dignidade e felicidade em todos os cantos do país.

Outro intuito do SomosCoop é despertar a consciência das pessoas envolvidas com o cooperativismo e gerar orgulho naqueles que abraçam a causa. Afinal, o cooperativismo quer transformar o mundo em um lugar mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos. E fazer parte dessa cadeia é um motivo e tanto para ter orgulho. 

AGREGAR VALOR

Atualmente, 70% dos 2.645 cooperados da Coopama são pequenos produtores. Cerca de 2 mil deles produzem café. 

Depois de adquirir o café em grãos dos cooperados, a Coopama fica responsável pela torra, moagem, empacotamento e padronização do produto.  Atualmente, a cooperativa comercializa pacotes de café torrado, moído e cápsulas. Tudo isso com a qualidade que só o cooperativismo tem. 

A gente buscou levar essa ‘marca’ [SomosCoop] junto com os nossos produtos justamente para mostrar a importância que o cooperativismo tem”, destacou Aline.

A venda do café com o selo do SomosCoop ainda está restrita aos pontos de venda da Coopama nas cidades de Machado, Alfenas, Elói Mendes, Poço Fundo e Turvolândia, todas no Sul de Minas. Mas o intuito é chegar às prateleiras dos supermercados de todo o estado até o final de 2020.

Para este ano, a Coopama ainda pretende começar a apostar no mercado de cafés especiais, personalizando ainda mais o produto. Para isso, a cooperativa está estruturando um departamento específico para agregar mais valor ao produto e também ao cooperado. A primeira ação de visibilidade comercial deve ocorrer em novembro. 

“Em abril, vamos começar a conscientizar os produtores. O intuito é montar um projeto piloto com 20 a 30 produtores que têm as melhores qualidades de café”, destaca Aline afirmando que todo café passa por uma análise sensorial para determinar os padrões e a classificações da bebida. 

“Vamos nos reunir com produtores para saber se eles têm interesse de participar do projeto porque terão de fazer uma série de adequações nas fazendas”, afirmou. Em novembro a Coopama pretende promover um concurso de cafés especiais. Com isso, quer chamar o mercado comprador (cafeterias e torrefações) e fazer um leilão. 

Para a coordenadora de marketing, além de ser um grande motor de crescimento do país, o cooperativismo é uma paixão. “Quanto mais a gente conhece, mais a gente fica apaixonado e é movido pelo cooperativismo”, avalia Aline que está há 8 anos na Coopama.

ENTENDA A FORÇA DO NOSSO MOVIMENTO



Esta matéria foi escrita por Lilian Beraldo e está publicada na Edição 29 da revista Saber
Cooperar. Baixe aqui a íntegra da publicação


 

Leia outras notícias da revista Saber Cooperar

  • 2020 © Somos Coop. Todos os direitos reservados.