Vai longe o tempo em que sustentabilidade se referia apenas à preservação ambiental. Hoje em dia, tem a ver com futuro. E, como sempre dizemos no cooperativismo, para que tenhamos um futuro próspero, é necessário pensar e agir agora e de forma global, sempre focados na integração entre produtividade e sustentabilidade, no econômico e no social.

E esse é o foco do programa Propriedade Rural Sustentável Aurora (PRSA), da Cooperativa Central Aurora Alimentos. Graças às ações de desenvolvimento profissional realizadas pela cooperativa, os produtores e suas famílias têm alcançado níveis cada vez mais sustentáveis nas cadeias produtivas onde atuam.

Esse é um exemplo de que, no nosso modelo de negócios, produtividade e sustentabilidade andam juntas, sim! Acreditamos em uma economia que promova o uso racional dos recursos naturais e que garanta qualidade de vida para nossos filhos – e para os filhos dos nossos filhos. Isso mostra, também, o compromisso das cooperativas brasileiras com a construção de uma sociedade mais justa, equilibrada e com melhores oportunidades pra todos, todos mesmo!

Agindo assim, temos a certeza de que não só as próximas gerações poderão se beneficiar de um mundo melhor, mas a nossa, afinal de contas, o futuro começa hoje, todos os dias. E já que fazemos parte desse processo, porque não aproveitá-lo?

É isso que a Aurora faz! Incentiva pequenas mudanças no processo produtivo, hoje, certa de que cada uma delas será responsável por grandes impactos, amanhã. São as atitudes simples, transformando o mundo.

Criada sob o pilar da sustentabilidade, em 1969, a cooperativa Aurora Alimentos nasceu para voar alto. Com o passar do tempo, integrou outras cooperativas e alcançou o status de cooperativa central. Atualmente, é destacada como a maior produtora de suínos do Brasil – e uma das maiores do mundo. Um resultado que é fruto do trabalho não de um CNPJ, mas de centenas de CPFs, de gente como você e eu.

E para alcançar esse status tão relevante não basta só produzir, mas produzir com qualidade e respeito às leis e ao meio ambiente. Tanto que em 2012 a cooperativa iniciou o programa Propriedade Rural Sustentável Aurora (PRSA), para qualificar e capacitar seus cooperados, grande parte deles formada por agricultores familiares. As primeiras cooperativas a participar foram a Cooper A1, a Auriverde, a Cooperalfa e a Cooperitaipu — um total de 12 produtores que, após concluírem as etapas e passarem por processo de auditoria, receberam certificação ISO 9000 como Propriedade Rural Sustentável Aurora.

Quatro anos depois, 16 propriedades receberam a certificação e, no ano seguinte, o número saltou para 53. Já em 2018, 128 cooperados participaram do programa e levaram o documento pra casa. Os números demonstram o sucesso do projeto que, pelos resultados de melhoria na produção, tem sido uma estratégia atrativa de qualificação para o desenvolvimento com sustentabilidade.

A Central Aurora completou 50 anos em 2019, com 11 cooperativas filiadas, somando mais de 100 mil famílias no campo e na cidade, entre cooperados e empregados. Ela é uma das 1.613 cooperativas agropecuárias do país e que produzem com total respeito à sustentabilidade, fortalecendo a economia e contribuindo para o Brasil melhor que todos queremos e merecemos.