Inovação + sustentabilidade

Ideias inovadoras, boas práticas e soluções sustentáveis: a 5ª edição do Prêmio Europeu de Inovação Cooperativa trouxe diversos projetos para a construção de um mundo mais consciente e sustentável.Conheça o primeiro deles

Farol Conteúdo
11/08/2022

Já imaginou utilizar um substituto do plástico 100% sustentável? Há uma alternativa feita da casca de arroz que, de quebra, contribui para a redução do impacto nocivo que o plástico traz à natureza. E ter a oportunidade de oferecer no mercado carne bovina produzida a partir de um processo de abate que reduz a emissão de carbono (CO2), enquanto é apoiado por um programa de segurança financeira? Quem sabe, ainda, ter à disposição de sua produção agrícola uma plataforma digital que utiliza inteligência artificial com mais de 100 funcionalidades, capaz de otimizar todo o processo produtivo do seu negócio? Esses são apenas alguns exemplos de ideias inovadoras vencedoras da 5ª edição do Prêmio Europeu de Inovação Cooperativa, realizado, neste ano, pela Confederação Europeia de Cooperativas Agropecuárias (Cogeca).


Idealizado para promover boas práticas, projetos e serviços inovadores prestados por cooperativas do “velho mundo”, o prêmio teve nesta edição como tema a sustentabilidade e contou com mais de 100 projetos inscritos. A entrega das premiações aconteceu na cidade de Bruxelas, Bélgica, no último mês de abril. Conheça as cooperativas premiadas.

PEGADA VERDE

COOPERATIVA LANTMÄNNEN — SUÉCIA

Prêmio de Recursos Naturais e Biodiversidade — ThermoSeed, a semente mais pura!

Desenvolver uma agricultura mundial mais sustentável até 2050 é o objetivo que impulsionou a cooperativa sueca Lantmannen a criar uma tecnologia biológica capaz de produzir sementes super-resistentes a pragas e doenças, além de tratar infecções transmitidas. E sem a utilização de produtos químicos. A novidade chegou anunciando as seguintes vantagens: a redução no uso de agrotóxicos, diminuição dos custos ao produtor e promoção da sustentabilidade.


A tecnologia recebeu o nome de ThermoSeed e utiliza um método biológico exclusivo de tratamento térmico que produz sementes saudáveis tanto para o cultivo convencional como para o orgânico. O processo é um tipo de pasteurização que utiliza o ar quente e úmido para neutralizar a infecção da semente sem comprometer sua germinação, que por sua vez, é estimulada, resultando na produção de plantas mais fortes.


A cooperativa Lantmannen levou o prêmio de Recursos Naturais e Biodiversidade por minimizar o uso de produtos químicos no setor agrícola. Em 2020, a ThermoSeed economizou 2 milhões de litros de pesticidas usando a tecnologia em 1 milhão de hectares de terras.


Desenvolvido em parceria com a Universidade Sueca de Ciências Agrícolas, em um processo de inovação aberta, o método fabricado pela cooperativa também é utilizado em plantações na Noruega, Finlândia, Suíça e França, além de ser produto de negócios nos Estados Unidos e no Japão. A lista tem tudo para crescer mais, já que, segundo a Lantmannen, a demanda pelo ThermoSeed é cada vez maior, diante da preocupação global em diminuir a emissão de carbono e o uso de agrotóxicos.


Estamos felizes em ver mais agricultores utilizando nossas sementes. Este é o caminho certo para o produtor e o meio ambiente”, comentou Anders Krafft, CEO da Lantmännen BioAgri ao receber a notícia do prêmio.




_______________________________________________________________________________________________

Em números

20 mil agricultores suecos associados

10 mil funcionários, em mais de 20 países

30 milhões de euros investidos em pesquisa e desenvolvimento, por ano

5 bilhões de euros em faturamento anual

Em 2020, evitou o uso de 2 milhões de litros de agrotóxicos

_______________________________________________________________________________________________



Esta matéria foi escrita por Janaína Camelo e está publicada na Edição 38 da revista Saber Cooperar. Baixe aqui a íntegra da publicação



Leia outras notícias da revista Saber Cooperar

  • 2020 © Somos Coop. Todos os direitos reservados.