Visão externa

Grandes nomes do mercado nacional compartilham conhecimentos para a boa liderança e explicam como eles podem ser aplicados nas cooperativas

Farol Conteúdo
18/11/2022

Líder nato e fundador do maior e-commerce de vinhos da América Latina, a wine.com.br, Rogerio Salume ensina que o bom líder é aquele que cuida bem tanto do time quanto de si mesmo. “Não existe sucesso, não existe gestão de alto impacto. Não existe liderança de impacto se você [o líder] não estiver bem”, explicou o palestrante da Semana de Competitividade.

Para Rogerio, a única maneira de liderar com entusiasmo e assertividade é estando com a saúde física e mental em dia. Outra característica fundamental, segundo ele, é amar o que faz e gostar de pessoas. Todo tipo de pessoa.

Rogerio Salume, fundador do wine.com.br, maior e-commerce de vinhos da América Latina

“Um líder de impacto faz questão  de montar um time diverso. Tem de ter mulheres liderando, pessoas de diferentes culturas. É preciso pensar nisso. Quando a gente tem um time múltiplo, com empatia, inteligência emocional e resiliência, fica mais fácil vencer qualquer desafio”, recomenda.

Estudiosa do tema liderança, a psicanalista Ana Tomazelli acredita que todas as pessoas dentro de uma organização cooperativista devem ser ouvidas e consideradas, especialmente pelos líderes. A atitude não é para que se busque concordância em eventuais debates, discussões e decisões, mas para que seja possível encontrar pontos de consenso e estabelecer acordos para o comprometimento de todo o grupo.

Em relação às cooperativas, uma boa formação de líderes está relacionada à consolidação dos serviços e de gestão, na medida em que um cooperado é igual a um voto, diferente de outras estruturas, em que o capital investido, por exemplo, determina quem tem mais poder. Com essa distribuição de poderes mais horizontal, a articulação diplomática e a influência ganham novos pesos e contornos, tornando-se, também, centrais na dinâmica de funcionamento das equipes.

Nesse sentido, diz Ana, um bom líder cooperativista deve ter, entre suas características, a capacidade de escutar e de promover a escuta com todo o corpo, tempo e atenção possível. Escutar não para responder ou retrucar ou contrapor ou concordar, mas a partir de um interesse genuíno por aquilo que a outra pessoa tem a trazer e por acreditar que ela é importante para o processo. A habilidade de perguntar também é fundamental.

“Só é possível formular perguntas que aprofundam e avançam se a liderança realmente se coloca a serviço do todo e da outra pessoa diante de si”, afirma. “Um questionamento bem feito e bem intencionado tem o poder de colocar muitas coisas em movimento, de emoções e pensamentos, o que pode ser fundamental no estabelecimento de segurança psicológica para o time.”

O raciocínio é acompanhado por Elizabete Belvão, executiva de gestão de pessoas do Grupo Crowe Macro. Segundo ela, o bom líder nasce da escuta e da troca de experiências com as pessoas que ele encontra ao longo de sua trajetória profissional. 

“Líderes bem capacitados e que sabem como formar novos líderes ajudam a equipe a superar desafios. E é importante que eles fiquem em constante aprendizado. Um líder qualificado consegue potencializar seu conhecimento e tornar suas ações mais assertivas na cooperativa que coordena. Isso, com certeza, gera mais resultado para a cooperativa e os associados”, considera. 

De acordo com a Elizabete, é primordial que o líder cooperativista seja sincero e verdadeiro em todas as suas ações Ele também precisa ter integridade em relação à sua atuação cotidiana e habilidade de comunicação para conseguir motivar e instruir os membros da cooperativa, além de orientá-los. Outro aspecto importante, segundo ela, é a lealdade. E, por último, mas não menos importante a capacidade de desenvolver pessoas. Selecionar e recrutar bem, treinar as pessoas e motivá-las, além de ter inteligência emocional para transformar a equipe, ajudá-la de acordo com as necessidades e lidar com as pressões. “Com esse perfil completo, ele vai alcançar os objetivos almejados por sua cooperativa”, explica. 


Esta matéria foi escrita por Freddy Charlson e Guaíra Flor e está publicada na Edição 39 da revista Saber Cooperar. Baixe aqui a íntegra da publicação


Leia outras notícias da revista Saber Cooperar

  • 2020 © Somos Coop. Todos os direitos reservados.